O que é C.E.D. ?

Capturar-Esterilizar-Devolver é um método humano e eficaz de controlo de colônias de gatos e de redução da população felina e canina. O processo envolve a captura dos gatos e cães, a sua esterilização,

 O que é o Capturar-Esterilizar-Devolver (CED)?

 

Capturar-Esterilizar-Devolver é um método humano e eficaz de controlo de colônias de gatos e de redução da população felina e canina. O processo envolve a captura dos gatos e cães, a sua esterilização, um pequeno corte na orelha esquerda para fins de identificação, desparasitação e, por fim, a devolução do animal de volta ao seu território de origem. Sempre que possível, os animais adultos meigos e suas crias que ainda estejam em idade de sociabilização são retirados das ruas, por exemplo, e encaminhados para adoção. Ou seja, seu principal objetivo é o controle da população de gatos e cães abandonados ou nascidos nas ruas, através da captura, castração e devolução dos mesmos aos locais de origem.
A técnica já é utilizada em vários países desenvolvidos, como os Estados Unidos, Inglaterra, Canadá e também em algumas cidades brasileiras, através de projetos pioneiros como os Gatos Encantados (Rio de Janeiro)Confraria de Miados e Latidos (São Paulo) e o Cats of  Necropolis (Santos).

Por que o CED funciona?

Os projetos de CED dos Estados Unidos, Canadá e Inglaterra se tornaram bem sucedidos a partir do momento que a sociedade, como um todo, se deu conta de seu dever para com aqueles animais. Em parceria com protetores independentes e abrigos como as SPCA’s e Humane Society, as autoridades criaram conselhos públicos sobre os gatos ferais, por exemplo, e liberaram verbas para que os gatos recolhidos fossem tratados em hospitais bem equipados, com profissionais capacitados para a técnica de castração de gancho ( que reduz para 24 horas o tempo de recuperação para soltura das fêmeas ) e castração pediátrica a partir dos 2 meses de idade, além de promover a conscientização da população em relação à castração, ao abandono, maus-tratos, e crueldade contra animais domésticos e os gatos ferais das áreas. Também recrutam e oferecerem treinamento para fiscais das colônias a serem incluídas ou que já estão no programa, ampliando ainda mais o senso de responsabilidade das pessoas em relação aos animais da vizinhança. A dedicação é tão grande que mesmo nas temperaturas baixíssimas do inverno existe um trabalho de proteção para os animais das colônias, feito com a instalação de abrigos.

 

Banner educativo sobre CED

 

As vantagens do CED – quando há agrupamentos de gatos e cães na região

  • Esterilizando gatos e cães, veja algumas vantagens para a vizinhança:
  • Não haverá mais ninhadas, e a população de animais irá diminuir com o tempo, caso os animais sejam esterilizados.
  • Redução dramática do barulho. A grande parte do barulho proveniente de uma colônia fértil tem origem no acasalamento e nas lutas – comportamentos que são fortemente reduzidos com a esterilização.
  • O cheiro dos animais torna-se muito menos intenso. Os machos inteiros marcam o seu território com urina carregada de testosterona, dando origem a um cheiro especialmente forte e desagradável. Os machos castrados, pelo contrário, irão marcar muito menos o território, e em muitos casos o deixam de fazer por completo.
  • Mantém-se o controlo de roedores. Os gatos são um método natural e muito eficaz de controle da população de roedores, principalmente devido ao seu cheiro. Devolver os gatos ao seu território vai permitir que este controle se mantenha.
  • Uma colônia de animais mais saudável e menos visível. A esterilização, alimentação regular e abrigos adequados melhoram substancialmente a saúde desses animais.
  • Exclusão do fator pena/tristeza. Os habitantes preocupados das vizinhanças deixam de se deparar com cenários miseráveis de gatos ou cães esfomeados ou crias moribundas.
  • A presença de um prestador de cuidados. Com o CED, haverá alguém responsável pelos animais da região, para cuidar deles e tratar de quaisquer problemas que possam surgir com a vizinhança.
  • Evita a criação de outros grupos de animais não esterilizados. Retirar a maioria ou todos os gatos ou cães de um local deixa o território aberto para ser novamente colonizado. Gatos novos e inteiros tomarão o lugar dos anteriores e os problemas antigos regressarão (efeito de vácuo). Esterilizar a colónia e deixá-la no seu território quebra este ciclo de repovoação.

As vantagens do CED, quando estendido a toda a comunidade, vão além de cada grupamento individual:

  • Menos animais silvestres e vadios em toda a comunidade.
  • Menos eutanásias. A existência de menos animais silvestres na comunidade devido ao CED resulta em menos casos de eutanásia nos canis locais, por dois motivos: em primeiro lugar, aparecem menos gatos silvestres e inadaptáveis, cujo destino é, quase sempre, serem abatidos; em segundo lugar, havendo menos animais silvestres a nascer, haverá mais espaço nos abrigos de associações de animais e mais lares para gatos domésticos abandonados ou perdidos que, de outra forma, seriam eutanasiados por falta de recursos.


 
LINK - ESPALHE POR AÍ!
 

 



Email: contato@arpabrasil.com.br
WEBMAIL
Criação Element Web